POSTAIS WATERCOLOUR MEETING

Índice do artigo

 

 Alain Bisoire

 

 

Formação Artística

Formação de desenho - 6h de modelo vivo por semana

Formação de aguarela - participou em cerca de duzentos e vinte concursos de pintura de rua e ganhou mais de cem primeiros prémios.

Foi professor de aguarela durante quinze anos na école d’Art de Bayonne, Orther, etc.

Motivação

O objetivo deste aguarelista sempre foi conseguir pintar a essência das coisas, mas o objetivo deste nunca foi conseguido.


António Bártolo

Nasceu em Angola, em 1962.

Em Portugal, conheceu primeiro Trás-os-Montes, uma terra com a qual se identifica.

Depois, veio para a Região Oeste e, hoje, vive em Torres Vedras.

Em 1998, realizou a sua primeira exposição individual.

Aguarelista notável, propicia estados de enlevo, sublimados por emoções belíssimas, ligadas a uma estética, aparentemente, simples, na qual sobressaem esplêndidos jogos de luz, que nos encantam para sempre.

Artífice da fineza, aliada ao esplendor dos sentidos, transgride a realidade, quando a revê e reconstrói com o seu olhar e a sua alma de poeta das cores e das memórias.


Camilo Huescar

Prémios:

2000: Recebeu uma Menção Especial do Júri na aguarela Competição III andaluz duquesa de Alba.

2003: 1º Prémio. Pintura Concorrência em: Montoso, Cuenca, Casas Ibez.

2003: Menção Honrosa no Concurso Nacional de Aguarela IV Caudete Villa-Rafael Requena (Albacete).

2003: Menção Honrosa no Simpósio Nacional de Aguarela em Aranjuez.

2004: Prémio Caixa Uni em aguarela reunião andaluz beda e Baeza.

2004: Menção Honrosa no Concurso de Pintura 2 QUICK Molina del Segura (Murcia).

2004: 1 ª Prémio. Pintura Concurso: Cuenca, Priego de Córdoba, Torrelodones, Almansa (Albacete).

2004: 2º Prémio. Concurso de Pintura, Aguarela XII Simpósio Nacional (Santiago de Compostela).

2004: Menção Honrosa, Pintura competição Molina de Segura (Murcia).


Carlos Almeida

Nasceu em Lisboa em 16 de Agosto de 1954.

Aprofundou os seus conhecimentos de desenho e pintura com os mestres Álvaro Perdigão e Martins

Correia, tendo por influência deste, adquirido o forte gosto pela escultura e pela cerâmica, vertentes que tem vindo a desenvolver nos últimos anos com bastante intensidade, sobretudo na área da modelação cerâmica e da azulejaria artística.

Em 2002, o amor enorme pelo Alentejo levou-o a abrir um espaço galeria/atelier no centro histórico de Évora, onde, para além de ter dado aulas de pintura, expôs uma boa parte das suas obras: pinturas, peças únicas de cerâmica de variadíssima expressão plástica, painéis e quadros de azulejos, etc. Tendo feito também algumas exposições noutros espaços, como o politécnico de Tomar, as bienais de Alenquer, Marina Amieira, Casa do Alentejo, etc.

Ao longo destes anos, as suas obras foram sendo adquiridas por muitos colecionadores nacionais, por várias instituições privadas e públicas, e por muitos colecionadores estrangeiros provenientes de algumas dezenas de países espalhados pelo mundo inteiro.


Eugen Chisnicean

Nasceu em 1984 numa pequena cidade no norte da Moldávia. 

O interesse pela arte nasceu cedo, por influência do seu pai, que sempre esteve ligado às artes da pintura e da fotografia. Aos 11 anos, entrou na escola infantil de belas artes.

Durante os estudos participou com êxito em inúmeras competições nacionais e internacionais. Em 2000 mudou-se para Chisinau, tendo entrado no instituto de Belas Artes, onde estudou design de interiores e arquitetura, nunca abandonando o desenho e pintura.

Desde 2007 começou a estudar a criatividade na aguarela dos pintores modernos, provocando uma forte aproximação de Eugen à pintura em aguarela. No presente, tem-se dedicado principalmente à pintura de paisagens e panoramas da cidade, melhorando suas habilidades em pintura em aguarela… Em 2010 foi convidado a participar, como convidado de honra, para o 4º Salon de l'aguarela du Haillan (França).


Gilles Durand

Tem uma abordagem direta para a pintura em aguarela, tentando ser fiel à emoção inspirada pelo tema.

Como pintor, o seu objetivo é expressar a vibração da vida, simples e elegante.

Quanto à pintura, tenta ficar constantemente atento ao ritmo e fôlego na composição e da forma como a luz circula no plano da imagem.

Este processo altamente dinâmico, faz com que cada pintura seja uma aventura emocionante.


Jean-Pierre Rault

Jean-Pierre Rault trabalha sobre os temas, mas o seu regalo reside num bom desenho a pastel. Boa luz, os valores sólidos sobre uma ideia e aí está uma aguarela bem preparada.

O ideal, diz Jean-Pierre, é ver a aquarela mentalmente e pensar cuidadosamente antes de começar, ou durante o processo. Uma rápida preparação, quase como uma obsessão: manter a luz, a composição, a distribuição dos valores… Tudo antes de iniciar a valsa de pincéis.

O prazer está na conquista, se os pigmentos são trabalhados dentro das melhores condições (humidade, etc.), a aguarela é viva.

Os seus temas favoritos são: uma antiga rua, um porto, uma paisagem, personagens.


Marimar Gonzalez

Formou-se na Escola de Belas Artes de Bilbao.

Pintora figurativa centra-se na paisagem urbana e natural. A paisagem tem um papel na sua pintura, a natureza como fonte de criatividade atrai todo o seu trabalho.

Atualmente as pinturas ao ar livre têm sido uma parte essencial do seu trabalho, na medida em que se tornou quase uma obrigação para executar obras exclusivamente de observação direta.


Nelson Jesus

Nelson Jesus Ferreira, nascido em 1988, sempre viveu em Alfragide onde concluiu o 9º ano na Escola 2+3 de Almeida Garrett.

No ensino secundário fez o curso Geral de Artes na Escola Artística António Arroio onde obteve classificação de 20 valores a desenho e oficina de artes. Aos 18 anos ingressou na Faculdade de Arquitetura de Lisboa.

Desde muito novo demonstrou habilidade e gosto por desenho e pintura, aptidões que desenvolveu de início como autodidata e posteriormente no ensino. Gosta particularmente de aguarela, procurando transmitir nos seus trabalhos várias nuances de luz e cor.

Tem como artista de referência Real Bordalo, cuja pintura o tem impressionado, e com quem tem tido oportunidade de contactar e lhe permitiu o conhecimento de algumas técnicas deste mestre da arte contemporânea.

Já foi distinguido com vários prémios em desenho e pintura. Teve os seus trabalhos expostos em exposições individuais, participando também num leilão coletivo de arte. O seu portfólio “Lisboa – tradição e origens” participou em representação de Portugal numa mostra de trabalhos na Capital Europeia da Cultura de 2006, em Pratas (Grécia).


Paty Becker

Primeiro prémio de la ville d’Eysines, Blanquefort

Prémio aguarela de la ville de Floirac et Pessac

Prémio de exposição des Armées à Toulouse

O primeiro prémio de la ville Seillans-en-Provence

Primeiro prémio de la ville de Bailly

2003, 2005 Primeiro Prémio de aguarela de la ville de BordeauxPrémio d’aquarelle à la Biennale de Marennes et Saint Yrieix la Perche

Prémio 2009 Exposição d'Automne (todas as técnicas) Bx


Pedro Orozco

Pintor aguarelista (Desde 1980), Docente de aguarela e Arquiteto Técnico Municipal Ciudad Autónoma de Ceuta. Presidente e Sócio Fundador de la Asociación Ceutí de la Acuarela. Membro de la Asociación Española

De Acuarelistas (AEDA Madrid) Diretor do I Encontro de aguarelistas Andaluces y Ceutíes 2005 Diretor do I,

II e III Encontro Internacional de aguarelistas Españoles e Marroquíes, Xauen 2005, 2007 e 2009.

PRÉMIOS: AGUARELA PRÉMIO NACIONAL “Villa de Rota” .

2006. PRÉMIO NACIONAL de aguarela “Antonio Rodríguez Luna”. Montoro. (Córdoba)

2007. PRÉMIO OBRA ADQSON. Concurso Internacional de aguarela de Benalmádena

2007. PRÉMIO VI Encontro Andaluz de Acuarela (Sierra Mágina)

2008. PRÉMIO NACIONAL de Aguarela “Ciudad Guadix”.

2008. PRÉMIO NACIONAL de pintura rápida El Puerto de Santa María (Cádiz).

2008. PRÉMIO NACIONAL R. Botí. Torrelodones. Madrid.

2008. PRÉMIO NACIONAL de pintura de Puerto Lumbreras. Murcia.

2009. PRÉMIO NACIONAL de pintura rápida de Gines. (Sevilla).

2009. PRÉMIO NACIONAL de pintura rápida “Ciudad de Santa Fe” . (Granada) 2010


Veronique Legros

Depois de várias experiências na pintura de pastel e acrílico, Veronique descobriu a aguarela como quem encontra finalmente o início do caminho… Aquele que procuramos desde sempre, aquele que cumpre com todas as promessas.

Ela vive a sua vida de artista como uma exploradora e os pigmentos que ela mistura testemunham as suas conquistas pessoais.

  •  
     
     
  •  
     
     
     
  •  
     
     
     
  •  
     
     

Morada

  • Rua Dr. Leonel Sotto Mayor
    2500-227 Caldas da Rainha

+39° 24' 21.6606",
-9° 7' 53.2056"

Contactos

  • 262 094 081 / 262 889 650
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Newsletters

 

Redes sociais