M/6

4 Dez. 21:30

El jardín de las Hespérides

Bilhete Geral: 5€
Estudante | Sénior: 2,50€
Alunos e professores das escolas de dança locais: Gratuito

O que está por trás do rosto de cada mulher que já conheci?
Que história está por trás de cada olhar?
Não importa o lugar, nem do país de onde vêm, os jardins são iguais, há infernos semelhantes, e o paraíso não está reservado para elas, porque são mulheres. Alicia Soto 

Tudo começa com o corpo de uma mulher e o desejo de sentir a vida.
Só mais tarde é que o medo e a ganância de possuir e dominar se estabelecem. A liberdade e ousadia assustam quem nunca viajou, mas o sangue profundo cava pacientemente o lugar da flor que será uma estrela. Em cada útero ecoa o eco do jardim, primordial e eterno.
E apesar dos perigos, o abandono e o cansaço.
De grãos de areia e lágrimas em gotas, são inventadas novas raízes e um céu diferente. Julio Martín da Fonseca

El jardín de las Hespérides  é um projecto hispano-marroquino que foi desenvolvido através de um exaustivo processo de investigação e mediante vários workshops realizados com mulheres marroquinas e espanholas em Casablanca e Valladolid, que se concretizou, finalmente, com a realização desta peça de dança-teatro.

Um espetáculo, que é uma canção para mulheres, numa viagem de ida e volta entre as culturas e as suas peculiaridades e que serve para comemorar os 25 anos da trajetória da Companhia Alicia Soto-Hojarasca. 

As Hespérides, segundo a mitologia grega, eram as Melides, ninfas, que cuidavam de um jardim protegido por árvores frutíferas de maçãs douradas que conferiam a imortalidade. Este jardim de fruta, de acordo com a mitologia grega, poderia estar situado no sul da Península Ibérica ou no Atlas marroquino. Daí o título de El jardín de las Hespérides.

O nosso Jardim das Hespérides representa o jardim interior das mulheres; de todas as mulheres de forma universal, mulheres de diferentes culturas, religiões, lugares e épocas. Do onírico, passando pela descrição poética, mostra-se o lugar que toda a mulher constrói para sonhar, descansar, respirar, matar a sede e construir um mundo íntimo que a ajude a continuar, noutros casos a sobreviver. O jardim só existe se a escuridão for conhecida.

Um jardim criado graças ao grande trabalho desenvolvido por uma equipa artística de primeira linha, formada por nomes como a própria Alicia Soto, criadora, coreógrafa, dramaturga e intérpete; Julio Martín da Fonseca, responsável pela direção teatral; a grande Elisa Sanz, uma cenógrafa e figurinista que tem 8 prémios Max – e no ano de 2020 acaba de ganhar mais um -, pelos desenhos de todos os figurinos da peça e do destacado estilista Miguel Ángel Camacho também ele com vários prémios Max.


FICHA ARTÍSTICA  

Criação e coreografia: Alicia Soto
Dramaturgia: Alicia Soto, Júlio Martin da Fonseca, Carmen Samudio Kostina
Direção teatral: Julio Martín da Fonseca
Intérpretes: Lorenza di Calogero, Paloma Calderón, Sanae Assif, Ester Lozano, Alicia Soto
Textos: Carmen Samudio Kostina y diversas autoras
Música original: Abdellah M. Hassak
Desenho de Iluminação: Miguel Ángel Camacho
Técnico: Paloma Cavilla
Desenho de Vestuário e Espaço Cénico: Elisa Sanz
Fotografía: Luis A. Barajas
Vídeo: Mundimag y Luis A. Barajas
Imagem de marketing: José Navarro
Comunicação: Golden Leads, Lemon Press 
Produção: Marina Arranz, João Sousa Marques
Administração: Sofía García Fernández, Virginia Grigelmo
Gestão: João Sousa Marques

Contactos

  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
dezembro 2021
2` 3` 4` 5` 6` sa do
29 30 1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31 1 2

Informação Legal

Social

© 2008 - Centro Cultural e de Congressos de Caldas da Rainha.
Powered by [dp]Soluções